O CURSO

         A Escola de Sargentos das Armas (EsSA) é, atualmente, o estabelecimento de ensino do Exército Brasileiro destinado exclusivamente à formação de Sargentos Combatentes de carreira, das armas de Infantaria, Cavalaria, Artilharia, Engenharia e Comunicações.
        Enquadrada na Linha de Ensino Militar Bélico de grau médio, a EsSA, para o cumprimento de sua missão, está estruturada da seguinte maneira: comando de Oficial General, com seu Estado-Maior; Divisão de Ensino (DE); Corpo de Alunos (CA); Divisão Administrativa (DA); Divisão de Pessoal (DP); Divisão de Tecnologia da Informação (DTI) e Batalhão de Comando e Serviços (BCSv).
        O seu aquartelamento está sediado na Cidade de Três Corações, às margens do Rio Verde, e são utilizados dois campos de instrução nas atividades de formação do aluno, o do Atalaia e o Campo de Instrução General Moacir Araújo Lopes que distam do aquartelamento cerca de 4e 42 Km, respectivamente.
        O aluno vive em regime de internato durante todo o período de formação, sendo alojado, alimentado e fardado por conta do Estado, além de receber proventos previstos em lei. Participa, ainda, de atividades sociais, culturais, recreativas e esportivas, patrocinadas pela EsSA e pelo Grêmio dos Alunos da EsSA (GRESA).
        A formação profissional do Sargento Combatente do Exército é a razão de ser da Escola. Todas as atividades do ano letivo são desenvolvidas com a finalidade de capacitar o aluno ao exercício da função a ser desempenhada nos corpos de tropa.
        O ensino, fundamentalmente técnico-profissional, é ministrado de forma prática, considerando que o futuro sargento deve ser, ao mesmo tempo, chefe e executante. As Instruções são dinâmicas e os princípios do “aprender a aprender” operacionalizados em todas as disciplinas de forma a permitir ao futuro sargento a vontade de se auto-aperfeiçoar e o crescimento pessoal e profissional, decorrentes desta atitude.
        As atividades de instrução desenvolvem-se em ritmo intenso. Busca-se, constantemente, a imitação das condições de combate. O aluno desempenha, sob a orientação dos instrutores e monitores, funções de executante e de comando, que serão exercidas nos corpos de tropa.
        O treinamento físico militar, alvo de atenção especial, fortalece a têmpera do aluno e capacita-o a liderar o seu grupo, sob quaisquer condições.
        O ano de instrução é dividido em dois períodos: o Período Básico (PB), sob a coordenação da EsSA, com duração de 34 (trinta e quatro) semanas, é desenvolvido nas unidades do corpo de tropa abaixo relacionadas.


- 20º RCB (Campo Grande/MS);
- 12º GAC (Jundiaí/SP);
- 1º GAAAe (Rio de Janeiro/RJ);
- 41º BIMtz (Jataí/GO);
- 4º BPE (Recife/PE);
- 14º GAC (Pouso Alegre/MG);
- 23º BC (Fortaleza/CE);
- 6º RCB (Alegrete/RS);
- 23 BI (Blumenau/SC);
-51º BIS (Altamira/PA)
- 10º BI (Juiz de Fora/MG); e
- 4º GAC (Juiz de Fora/MG).



        Ao final do PB e conforme seus méritos, os alunos fazem a opção pela Arma (Infantaria, Cavalaria, Artilharia, Engenharia ou Comunicações) em que desejam ingressar. O Período de Qualificação é desenvolvido de forma centralizada nas instalações da EsSA, em Três Corações, e é composto de 43 (quarenta e três) semanas, nas quais o aluno recebe instruções específicas da Arma escolhida.
        Dentre as atividades escolares, destacam-se as atividades da Seção de Instrução Especial (SIEsp), o estágio de preparação específica realizado nas OM do Corpo de Tropa, a manobra escolar, as competições esportivas internas e a MARESAER (competição esportiva com as escolas militares congêneres, da Marinha e da Força Aérea).
        A manobra escolar é a oportunidade em que os alunos aplicam os conhecimentos técnicos e táticos adquiridos durante o ano de instrução. Consta de um exercício no terreno, com o emprego de todos os cursos, no qual se desenvolve a capacidade de liderança militar e a ação de comando dos participantes. “A manobra escolar é o coroamento do ano de instrução”.
        A cerimônia de encerramento do curso é o ponto culminante e o marco de encerramento do ano escolar, com a entrega dos diplomas e a promoção dos alunos à graduação de 3º Sargento.
        Eis o perfil da Escola de Sargentos das Armas, um dos estabelecimentos de ensino com responsabilidade pela formação de sargentos de carreira do Exército Brasileiro.
        Escola de civismo e formação militar, a EsSA transmite lições de patriotismo ao jovem aluno e prepara-o profissionalmente para o exercício das funções de Sargento, nas quais constituirão o “Elo fundamental entre o comando e a tropa”.


ENSINO

    

 

   

QUALIFICAÇÃO DO ALUNO

 

No período de qualificação, a Escola ministra cinco cursos, referentes às Armas de Infantaria, Cavalaria, Artilharia, Engenharia e Comunicações.

    Cada curso possui seu quadro de instrutores e monitores, para uma perfeita execução do ensino e permanente ação educacional.

                    

 

MANOBRA ESCOLAR

 






FORMATURA

Missão Cumprida!

 

Primeiro objetivo alcançado.